Biossegurança para depilação: conheça as regras! - Depil Bella - Depilação, Beleza e Autoestima. Supreenda

Biossegurança para depilação: conheça as regras!

DEPILAÇÃO MASCULINA EM ALTA
19/07/2019
Ceras de baixa fusão: entenda o que são e quais as vantagens
09/03/2020

Saiba a importância de atender aos requisitos de biossegurança para depilação e quais processos devem ser realizados.

A higiene é um dos aspectos fundamentais do trabalho de profissionais da área de beleza: manicures, cabeleireiros, depiladores e esteticistas em geral. A legislação brasileira impõe uma série de regras de biossegurança para depilação há alguns anos.

No estado de São Paulo, inclusive, foi publicado em 2012 o Manual de Orientação para Instalação e Funcionamento de Institutos de Beleza sem Responsabilidade Médica, criado com base nas normas da Anvisa.

Portanto, um serviço de excelência não se resume apenas à qualidade do atendimento e dos produtos utilizados, mas também do cumprimento de todos os procedimentos, para garantir ao cliente o melhor resultado, sem que sua saúde seja posta em risco.

Veja a seguir a importância da biossegurança e como aplicá-la de forma correta na depilação.

Procedimentos de biossegurança para depilação

Existem uma série de passos e procedimentos indispensáveis de biossegurança para depilação com cera que devem ser seguidos conforme determina a vigilância sanitária e que vão desde o uso de roupas adequadas até a estrutura do local onde o cliente é atendido. Veja quais são:

Ambiente

  • local privativo;
  • maca com superfície lisa e lavável;
  • lençol de papel descartável, trocado a cada atendimento;
  • mesa auxiliar com superfície lisa e lavável, para apoiar os produtos e instrumentos utilizados durante a depilação;
  • lixeira com saco plástico e tampa para descarte da cera usada.

Profissionais

  • uso de roupas brancas e limpas e sapato fechado;
  • uniforme com crachá de identificação;
  • luvas e máscara;
  • unhas limpas, mãos sem anéis ou acessórios e unhas limpas e aparadas;
  • lavar as mãos sempre antes e depois de cada atendimento.

Todos esses requisitos devem ser rigorosamente cumpridos, pois deles dependem, inclusive, que o alvará de funcionamento do local onde o serviço é prestado seja expedido, mantido ou renovado.

Qualidade das ceras utilizadas

As ceras utilizadas para depilação devem possuir registro no Ministério da Saúde, trazendo no rótulo a identificação do produto, procedência, número do lote e data de validade.

O reaproveitamento da cera, apesar de ser proibido pela Anvisa, ainda é uma prática comum entre os maus profissionais, que colocam em risco a saúde dos pacientes. Por ser um material carregado de pelos e resíduos de pele, pode haver contaminação levando ao surgimento de foliculites, piodermites e outras inflamações.

Por isso, toda cera deve ser descartada imediatamente após o uso, assim como espátulas de madeira, que acumulam fungos.

Assim, ao respeitar as normas de biossegurança para depilação, profissionais e clientes garantem a qualidade do trabalho e os melhores resultados, com segurança e saúde.

Se você é profissional de depilação ou está em busca de produtos home care para o cuidado com a pele, acesse nosso site e conheça a linha completa da Depil Bella.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *